Espectadores fumadores

Portugal é um país fantástico. O que caracteriza o povo portugues são as paixões e os sentimentos tipicos do país. Costuma-se até falar dos tres Fs, Fado, Fátima e Futebol. Estes fervores próprios de uma nação tão antiga como a nossa muitas vezes pecam pela falta de lógica. Vou hoje referir-me ao futebol. Simpatizo e sou sócio do Sporting. Gosto quando venho a Portugal de ir ver jogos ao vivo. Mas é uma experiencia que deixa a desejar. Porquê?

Todas as vezes que vou a um jogo tenho sido sempre incomodado por espectadores fumadores. Há pessoas que são muito nervosas. Fumam cigarros uns atrás dos outros…Há até quem fume charutos. E eu a respirar esses fumos quer queira quer não… Não sou só eu pois já tenho levado menores que são vitimas como eu. Quem está a minha volta recebe também. Em Portugal quem está no seu direito é o fumador! Acabo de verificar que até a autoridade que deveria proteger a nossa saúde a Direção Geral de Saúde (DGS) não acha necessário defender as pessoas contra o fumar passivo. Entende a DGS que uma bancada desportiva está ao ar livre. Pergunto-me a mim próprio porque motivo é que os outros países que conheço proibem fumar nas bancadas dos campos de futebol. Defender o lobby do tabaco não tem lógica nenhuma. Enfim, em frente!

Em Portugal existe um número desusado de comentadores desportivos. Passam horas a debater questões relacionadas com os clubes e zangam-se uns com os outros. Enfim deveria ser interessante se algum desses comentadores especialistas de futebol levantassem o olhar para discutir esse tipo de questão que tem que ver com o espetador a sua comodidade e os seus direitos. Não penso que vá acontecer!

Para mim são os próprios clubes que devem dar o exemplo se se preocuparem com os seus sócios e simpatizantes e quem paga bilhete. Há alguns anos escrevi ao então presidente Bruno de Carvalho a apontar este problema e a sugerir como enfrentá-lo. Claro que não recebi resposta alguma. O que eu recomendaria ao Sporting se não se atreve a estar do lado dos não fumadores e simplesmente proíbir fumar nas bancadas, seria criar bancadas ou parte delas para não fumadores.

Está na hora de haver uma consciencialização geral para proteger a saúde publica. Nestas alturas do novo Corona virus já se fez entender que os clubes não andam felizes com as normas impostas pela DGS mas quem manda nas bancadas quando não há legislacão é quem organiza os espetáculos. Ao atual presidente sr. Frederico Varandas faço o desafio de entrar no seculo XXI e levar a questão à sua direcão para o bem dos sócios e simpatizantes não fumadores. E olhe que são a maioria!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.