Os ascendentes de João Henriques Pinheiro

Sendo como sou Henriques Pinheiro foi com alguma excitação e muita curiosidade que pude consultar os livros paroquiais de Salvaterra do Extremo até 1803. Em pouco tempo consegui dados importantes para quem se interesse pela ascendência desta família beirã. Alguns dados interessantes tem que ver certamente com a proveniência agora confirmada que eram originários do concelho de Monsanto antes de virem para Salvaterra. E o porquê dessa emigração? Dei conta que muita gente veio formar família em Salvaterra provenientes de diversas aldeias de Idanha a Nova nesta época da última metade do século XVIII.  Aprendemos então que João Henriques Pinheiro (1817-1886) era filho de Manuel Pires e Maria Pinheiro. Da parte do pai era a proveniência de Aranhas e da aldeia do Bispo de Penamacor e da parte da mãe os Luis Corais de Salvaterra e o João Luís Boezo de Penha Garcia. Da parte paterna o avô Domingos Pinheiro já nascera em Monsanto ( os tais Pinheiros de Monsanto?) assim como a restante ascendência.

Infelizmente falta-nos o acesso aos livros de Salvaterra entre 1804 e 1852 para batismos e 1804 a 1860 para casamentos e óbitos. Nada sei do paradeiro desses documentos que tudo leva a crer existem mas estarão na posse de algum indivíduo que os não quer libertar para grande desgosto de quem se interessa pela genealogia.

 

2 thoughts on “Os ascendentes de João Henriques Pinheiro

  1. Caro João Pinheiro,
    Tenho andado a fazer pesquisa sobre a minha família – Salvaterra do Extremo, Monfortinho e Salvador. Também dei conta do grande “vazio” temporal de 50 anos em livros. E que diferença fazem… Terá alguma “novidade” do paradeiro desses livros?
    Agradeço pela ajuda.
    Cumprimentos,
    Carlos Ferreira

    • Caro Carlos Ferreira
      Em resposta à sua pergunta só lhe posso dizer que tenho ideia que os livros estarão algures em Castelo Branco. Talvez uma pessoa privada os tenha em sua posse. O porque não sei mas quando voltar para Portugal vou investigar melhor. Os seus antepassados assim como os meus são dessas mesmas freguesias. Dei agora conta de muitos com o apelido Corais que são os mais antigos que consegui até agora com antecedencia mesmo em Salvaterra. Talvez encontremos algum antepassado comum. Cumprimentos João Pinheiro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.