A Urgeiriça revisitada

20140724-000639-399280.jpg

Já aqui tinha escrito algo, muito pouco, sobre a Urgeiriça, localidade na Beira Alta, mais concretamente pegada a Nelas. Foi aí que passei os primeiros anos da minha vida na primeira metade da década de 50. Esta localidade estava completamente dependente das atividades mineiras de extração do minério de rádio a partir de 1912.
Em 1930 a mina foi comprada por um inglês de nome Charles Harbord. Foi este mesmo que construiu o hotel da Urgeiriça marca importante da região. Quem nos serviu os cafés em Canas de Sehorim, mais concretamente no Café Século e cujo pai teria trabalhado nas minas bem confirmou a herança britânica ligada à localidade pelas inovações introduzidas no setor social e de organização da vivenda.
Foi com o intuito de reconhecer algo da casa onde passei os meus primeiros tempos na companhia do gato Silvestre e de pintos e patinhos que me levou ao “bairro dos engenheiros”. Admito não ter reconhecido grande coisa. As casas estavam ordenadas numa encosta aos pares no estilo das casas que encontramos nas terras de sua majestade, com um quintal traseiro. Com a ajuda do telemóvel e em contato com meu pai lá consegui descobrir a casa no fundo da encosta o que aqui fica documentado.
Quanto à mina já não restam que memórias dos que por lá passaram sendo que alguns se queixam de cancros resultantes de exposição prolongada aos pós radioativos.

urgeirica53

7 thoughts on “A Urgeiriça revisitada

  1. Boa noite

    Gostei de encontrar a foto da casa onde morei no bairro dos engenheiros, entre 1983 e 1989 (dos 3 aos 9 anos) mas que me marcou muito.
    Neste momento está muito diferente, e parece que ficou uma “cidade fantasma”.
    Obrigado por partilhar a foto.

  2. Dear Joao Pinheiro, I came across your blog accidentally while googling and I thought you might be interested in this film that I made last year about Urgeiriça (where I was born and lived in the 50’s). The link is:-

    https://vimeo.com/molitor

    there are two versions, one in English and the other Portuguese. The film will be shown at the CineEco festival in October.

    Regards

    Ramsay Cameron

    • Thank you for a very interesting film. I was pleased and surprised to find a photo of my father and one of myself that we did not know existed. Good luck at the festival.

    • Amazing footage!
      Congratulations for compiling this piece of world history.
      I was looking for Urgeiriça’s history and I found how relevant this small village was on the global economy.

      Thank you so much!

    • Bom dia Sr. Cardoso. Sim o meu pai era o Eng. Pinheiro que faleceu no passado dia 16 de setembro. Pouco antes tive conhecimento através deste blogue do filme do Sr. Cameron. Nessa altura já o meu pai estava hospitalizado e não estava em condições de passar mais informação sobre essa época e refiro-me principalmente as pessoas e não tanto aos factos que estão a ficar melhor documentados. Tenho poucas memórias da Urgeiriça já que era muito pequeno mas foi lá que dei os meus primeiros passos. Faz parte da minha vida também.Escreverei sobre o meu pai aqui neste blogue logo que tiver mais tempo. Um abraço

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.