O desafio

CIMG0263

Fomos dos primeiros a entrar no estádio Friends de Solna. Estádio bonito, arena nacional do futebol sueco que se pode fechar quando neva ou chove. Não foi necessário pois a temperatura até estava amena. Gosto de ir cedo para as bancadas. Faz parte de uma espécie de ritual onde me entretenho a respirar o ambiente. O guarda redes da seleção, Rui Patricio foi dos primeiros a entrar para o aquecimento. Tentou orientar-se onde estava a claque de Portugal e acenou quando nos descubriu. Tambem faz parte…

Foram chegando mais e mais apoiantes. A bancada reservada aos portugueses estava quase ao canto da linha de fundo. Os bilhetes custaram cerca de € 40. Não eram os melhores lugares mas os mais alegres e otimistas. Grande parte da nossa bancada estava composta por emigrantes de primeira e segunda geração. Ao nosso lado por exemplo estavam uns jovens que tinham vindo de França e até falavam mais francês que português.

Na primeira parte Portugal atacou para o nosso lado. Foi uma primeira parte calma. Senti muita segurança. Até parecia que éramos nós que precisávamos de ganhar. Na segunda faz Cristiano um golo quando os suecos vem mais para o ataque. Era o que já se previa. A festa tinha começado. Mas a Suécia marcou um e logo outro. O Zlatan tinha finalmente começado a dar um ar da sua graça. Com 2-1 no marcador calou-se a nossa bancada e os suecos começaram a acreditar.

Felizmente foi sol de puca dura. Ronaldo não é a seleção de Portugal. Mas é um jogador importantissimo. E no dia 19 fez um jogo memorável. Marcou tres, marcou presença, liderou a nossa equipa. Vai ser um grande mundial para Portugal!

Muita gente irrita-se com o Ronaldo. O presidente da FIFA, um tal Blatter,tambem. Mas ele é espontaneo. Entrega-se e quando falha ou não consegue executar ao que se propõe mostra o seu delalento. Para mim é uma qualidade poder mostrar os seus sentimentos.É um grande jogador de futebol, e fez uma das suas melhores prestações até agora.

Fui um previligiado pois estive lá e por isso valeram a pena os sacrificios que fiz para lá estar.

CIMG0283

 

One thought on “O desafio

  1. Caro amigo João,

    O jogo Suécia/Portugal que tu tiveste o privilégio de ver ao vivo foi um dos mais extraordinários jogos que a nossa selecção realizou até hoje. O Cristiano Ronaldo fez três golos formidáveis, só possíveis num jogador de eleição, muito acima da média, hoje o melhor jogador do mundo.
    A emoção que senti neste jogo foi igual a outra que aconteceu no campeonato do mundo em Inglaterra em 1966, no jogo Portugal/Coreia. Depois de estarmos a perder por 3 a zero fomos ganhar por 5 a 3, com uma grande exibição do Eusébio.
    Apreciei imenso o gosto que tiveste para te deslocares de Sundsvall a Estocolmo para veres a nossa selecção e ao pormenor de ires mais cedo para o campo para observares tudo melhor.
    Um abraço do
    José Bastos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.