O Transpraia e a prova dos noves

 

Transpraia

Portugal é um país de praias. Quase ninguem hoje deixa de ter uma relação com alguma das muitas praias de mar que temos ao longo da nossa costa.  Ora bem, se a Praia das Maçãs foi a minha primeira praia e Carcavelos a ultima tem a Costa da Caparica o titulo de intermediária. As minhas primeiras memórias dessa praia estão relacionadas com o passeio que se fazia para lá utilizando diversos meios de transporte. Ainda não havia a ponte e tinha que se apanhar um cacilheiro aberto com o sem transporte de carros para fazer a travessia. Chegados à outra banda apanhava-se um autocarro que fazia uma viagem ainda prolongada pois passava por aldeolas e lugares até finalmente chegar à Costa.

Neste principio de década era com a minha mãe que me recordo ir. Tinha lá as suas amigas e recordo-me por exemplo da Maria José que tinha feito duma garagem casa de veraneio. O ambiente da Costa era diferente. Ainda era uma vila de pescadores. Mas os Lisboetas cada vez mais procuravam esses quilómetros de areia para fazer praia. Ainda por cima o pequeno comboio da Transpraia tinha sido inaugurado em 1960 o que permitia chegar mais longe a sitios desertos de gente!

 

Nos meses de inverno os barracões dos diferentes banheiros lá tentavam sobreviver às forças do mar que quase todos os anos galgavam a praia e destruíam essas contruções de madeira.  Nesta época começa ficar claro que a matemática não é o meu forte na escola. A minha mãe contacta uma senhora já velhota num desses barracões que me punha a fazer enormes contas de multiplicar às quais tinha depois que tirar a prova dos noves. Agora tenho uma pergunta aos queridos leitores…Quem já fez provas dos noves levante o braço ou exprima-se de qualquer outra forma… Hei-de voltar ao tema da Costa pois há bastante ainda para contar.

1 thought on “O Transpraia e a prova dos noves

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.