Olhem através de qualquer janela

Look

 Se olharmos através de qualquer janela poderemos ver o nosso próprio reflexo ou o que se passa lá fora. Pelo menos aquilo que o nosso cérebro consegue interpretar. Tenho vindo a dedicar muitos textos do meu blog ao período especifico em que vivi na Praceta do Junqueiro em Carcavelos. Isso deve-se a dois factores: 1) São memórias importantes para mim e 2) Tem havido um interesse muito grande por parte do “Grupo da Praceta e do Bairro do Junqueiro” no Facebook.

 Embora muitos dos membros desse grupo sejam para mim desconhecidos alegra-me bastante que assim seja e que queiram participar. A Praceta tem a sua história e todos nós ajudámos a fazê-la. Desde que comecei o blog já consegui contato com alguns amigos da minha geração. Assim já incrementei e desenvolvi diálogo com a Paulucha, o João Raminhos, a Carla e o Zé Manel do Carmo. Espero que outros se seguirão. O blog já foi até à data visto1214 vezes!

 O tema desta intervenção tem que ver com um hit que ouvi em Londres quando lá estive nas férias. Foi num periodo fantástico  em que qualquer adolescente quereria participar. Nesse ano de 1965, tinha acabado de sair uma canção dos Hollies com o titulo “Look through any window”. Falei com o Luis e disse-lhe que era uma musica gira. Quando a mãe dele o levava a passear pela linha eu às vezes acompanhava-o. Dessa vez lá bem andámos nós às voltas pela poucas discotecas de Cascais e Estoril mas ninguem tinha esse disco. Hoje é fácil, basta ir ao Youtube para ver e ouvir. No nosso tempo andava-se à caça das novidades!

http://www.youtube.com/watch?v=0CfH-FAGc88

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.