Após mais de 40 anos…O Raminhos!

PiccadillyEm continuacão do texto anterior vou expor algumas das memórias relacionadas com a minha vida em Carcavelos, mais própriamente na Praceta do Junqueiro. A Praceta fica no fundo da praia de Carcavelos, para quem vem de Lisboa, mesmo à saída da marginal.

Foi aí que passei tres dos melhores anos da minha vida. Na Praceta havia muitos jovens de diferentes idades e nunca era dificil estar num convivio com eles. Um deles era meu vizinho e amigo o João Raminhos e vejam lá que tambem acabo de o reencontrar por diversos esquemas de internet!. Residente no Luxemburgo já há muitos anos tinha-o perdido de vista algures em Londres naquela que teria sido a sua primeira viagem ao estrangeiro, em 1970.

O João era um aficionado do desporto e não havia nada que ele não captasse de noticias desportivas. O rapaz era uma enciclopédia desportiva. Andava comigo no Liceu de Oeiras e jogava à bola como todos os outros rapazes da Praceta além de andar aos gambuzinos e outras coisas que felizmente já foram arquivadas!

O pai Raminhos era o dono duma papelaria e tambem do Café Atlantico que agora é uma fina marisqueira onde faço questão de ir jantar quando estou em Portugal. Era aí que íamos aos domingos ver os desenhos animados do Bugs Bunny e uns anos mais tarde beber umas imperiais! Aí na esplanada do café passam em revista muitos daqueles personagens que foram tão importantes para mim no periodo da adolescencia. Despedi-me deles abruptamente pois já não fazia tenção de voltar quando no dia 11 de septembro de 1968 saí para Londres munido de passaporte português, duma licença militar e de um bilhete de avião (para estudante que era mais barato).

Recordo-me do Luis Lacerda, do Mário Simões e do Toni Feio que infelizmente já não estão connosco. Das irmãs Mette e Anita Amundsen que não nos passavam cartão. Do João Paulo e da Paulucha! Da Luisa, da Marina, do Johnny e do Zé do Carmo,do João Cardoso filho do Sr. Virgilio, do Zé Borsatti. Enfim deles todos me lembro e de muitos outros que por aí passaram  nesses anos! Deles terei mais histórias para contar! Por agora fico feliz por ter reencontrado o Raminhos!

7 thoughts on “Após mais de 40 anos…O Raminhos!

  1. Ha, ha, we were just kids at this time…about 11 or 12.
    Must be fun remembering all these things!!!
    Happy Christmas

    • I know, but already beautiful. Wish you also a very merry Christmas. I suppose you do not remember any of the characters I mentioned.

  2. O que esta à tua esquerda na foto é o Mario Soveral. Filho da Laura Soveral (Sovral?) A Laura fez ha pouco um filme chamado Tabu. Já viste? Dizem que é muito bom. Não me lembro do João Raminhos. Só do Rui. estarei enganada?

    • Nessa altura o Mário e eu éramos inseparáveis. depois veio para Portugal e acho que só voltei a ve-lo uma vez.Casou-se divorciou-se foi pró Algarve. perdi-lhe o rasto! Tu Joana ouviste falar em alguem com o apelido Stichini? sabes se o Tony Feio tinha algum irmão chamado José? O Rui é o irmão mais novo do João, logo outra geracão…a tua!

  3. Grande amigo João, aliás Satffordiano!

    Fiquei imensamente contente de ter notícias tuas! Lembro com bastante saudade os nossos tempos de convívio na Praceta do Junqueiro e aquela que foi a minha primeira grande viagem ao estrangeiro a Londres contigo, salvo erro no verão 1967. Ficámos algures na zona de Hammersmith e ia mais alguém conosco que não me recordo agora…

    Esta fotografia que me mandas é histórica! Já a mostrei ao meu irmão Rui e meus filhos para eles verem quão elegante eu era nessa altura! Penso que a primeira vez que fui a Londres não foi em 1970…penso que lá estive antes contigo ou em 1967 ou 1968 ou mesmo 1969…

    Agora a fotografia, o Jorge Cabral andava comigo no Técnico e depois do curso deixei de o ver…ele morava no Monte Estoril e era de origem Goesa.O Soveral também lhe perdi o rasto. O Rui deve saber melhor por onde param todos esses nossos amigos de infância da Praceta. Infelizmente alguns já cá não estão, o Mário Simões e o Luis Lacerda por exemplo. Enfim é a vida…lá chegará a nossa vez um dia!

    Eu vou a Portugal regularmente em trabalho e férias.Os meus pais com 88 e 86 ainda vivem em Carcavelos!

    Havemos de nos encontrar ourtra vez !
    Forte abraço
    João

    • Amigo João, atrás da fotografia está 1970. Poderia ter sido o mais cedo possível em 1969 já que eu fui para Inglaterra em 11/ 9 1968 e lembro-me perfeitamente de não falar português pelo menos um ano. Mas tenho cartas e quando tiver tempo ponho tudo em pratos limpos!

  4. Olha o Raminhos! Realmente este blogue está a trazer alguns dos amigos da praceta de volta… parabéns João e obrigada

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.